Nosso Meio Ambiente

NMA - Nosso Meio Ambiente

PARCERIAS

Anuncie aqui:
Fale com: José Ferreira
josefereira@yahoo.com.br
Visitante: 1765

PARCERIAS


Boa tarde! Seja bem-vindo(a). São 16 horas, 35 minutos e 56 segundos de 18/12/2017 .

As plantas e o meio ambiente 2


Em continuação à página anterior pode-se ver que com as margens dos rios e as bordas das nascentes permanentemente protegidas, as plantas e árvores, ali existentes, capturam parte da água através das raízes que voltam em ciclo contínuo à evaporação e novamente chuva. Com a presença maciça de construções de pequeno, médio e grande porte, muitas vezes com pilares de um lado e outro da margem do curso hídrico, e plastificação das ruas, estradas e praças com massa asfáltica, não se tem árvores e plantas, consequentemente a evaporação das águas é grandemente prejudicada.

Aquela água que seria evaporada será agora transformada em força (1 m3 = 1000 litros = 1 tonelada, ou seja, 1000 quilogramas-força, próximo de 10.000 newtons) que irá arrastar tudo que encontrar no trajeto, outrora a ela pertencente. Uma chuva de 10 mm em 100 m2 (uma área de 10 X 10 metros) é suficiente para encher uma caixa de 1000 litros que é igual 1 tonelada, ou seja 1000 quilos. Um caixa com 1000 litros de água equivale a aproximadamente 100 chuveiros abertos durante 1 minuto.

Aquelas árvores que porventura existissem às margens dos rios e em torno das nascentes cuidariam de capturar as águas para uso, evaporação e transpiração diminuindo assim a quantidade de água que desceria o curso hídrico, consequentemente diminuindo a força de arrasto e por extensão diminuiria também a quantidade de acidentes por chuvas.

Estudos indicam que uma árvore ou bananeira evapora e transpira de 15 a 80 litros/dia. Outros estudos citam que uma bananeira pode evapotranspirar cerca 400 litros de água diariamente ao meio ambiente.

No deserto chove muito pouco ou quase nada.

Para aqueles que moram próximo ao oceano podem perceber que chove todos os dias, não passa um só dia que não chova nas áreas sobre o espelho marítimo.

Isso quer dizer que a água evaporada do mar, sobe. Parte da água é transportada pelo vento ao continente e parte da massa de água chove sobre o próprio espelho dos continentes. Como é muito a quantidade de vapor concentrado, parte dele é transformado em chuva ali mesmo.

Faça agora uma comparação com a mata Amazônica.
Vejam que nos locais com maior densidade de árvores, maior concentração de matas nativas de longas distâncias chove todos os dias do ano.

Não é difícil imaginar que em locais mais arborizado, o ambiente é saudável e mais agradável. O ambiente é mais oxigenado. Menos energia é consumida nos condicionadores de ar. Menos doenças são transmitidas através do ar.





Que o instinto de proteção, justiça e paz esteja sempre contigo.


Cópia livre com indicação da fonte. - Contato: nma@nma.eco.br